Filisco de Égina

Adicionar legenda
Filósofo cínico do século IV AC. Irmão de Androstenes e filho de Onesícrito de Égina (D.L. 6.75), ele foi aluno de Diógenes de Sínope. A acreditar em Sátiro, as sete tragédias atribuídas a Diógenes são na verdade trabalho dele (D.L. 6.73,80). Curiosamente, Sócion realmente cita entre as obras de Diógenes um Filisco (D.L. 6.80). De acordo com Hermipo, citado no Suídas 359, ele foi aluno de Estilpon. O Suídas acrescenta que ele ensinou Alexandre, O Grande, a ler e que escreveu dálogos, entre os quais havia um Codrus. Na realidade, seria cronologicamente difícil que ele tivesse sido aluno de Stilpon e professor de Alexandre. Em seu capítulo sobre philoponia (3.29.40), Estobeu relata algo dito por um certo Filisco, que poderia bem ter sido aluno de Diógenes, a julgar pelo conteúdo do comentário. Por fim, deve ser observado que Filisco de Égina provavelmente não tinha nada a ver com o sapateiro Filisco que se dirige a Crates num fragmento deTeles (4B: Sobre Pobreza e Riqueza).

Cf RE 23.1 (1957) col. 975 (Aly)

Filósofo por paixão. Ex-seminarista da Ordem dos Franciscanos. Humanista. Áreas de interesse: Cinismo; materialismo francês; Sade; Michel Onfray; ética. Idealizador e escritor do Portal Veritas desde dez/2005.