Herodes Ático


HERODES ÁTICO (Herodes Atticus), sofista grego; cônsul em 143 d.C.

Lúcio Vibúlio Hiparco Tibério Cláudio Ático Herodes nasceu por volta de 101, filho de uma rica família ateniense. Seu pai era Tibério Cláudio Ático Herodes. Tornou-se sofista e retórico, e sobre ele Filóstrato escreveu uma de suas biografias mais importantes. Sua importância como homem de letras possibilitou-lhe a formação, em Roma, de amplo círculo de amigos e alunos poderososo, entre eles os imperadores Adriano, Antonino, Marco Aurélio e Lúcio Vero.



Tornou-se senador e assumiu consulado em 143 com Frontão (aparentemente reconciliados de antiga desavença). A riqueza e a filantropia de Herodes Atico foram lendárias: gastou somas enormas com edifícios públicos em Atenas, principalmente o Estádio e o Odeon, um pequeno teatro, ou Teatro de Herodes Ático, e em outras cidades da Grécia e Ásia Menor, inclusive Delfos, Elêusis e Olímpia.

Apesar de seu grande prestígio, ou talvez por causa dele, fez muitos inimigos em Atenas e envolvendo-se numa célebre disputa legal com um certo Demostrato, disputa que culminou num apelo na presença de Marco Aurélio, no início da década de 170, em Sírmio. Herodes morreu em 177, aproximadamente.


(teatro de Herodes Ático)


Artigos Relacionados:

Marcus Aurelius, Homem, Filósofo e Guerreiro

Cornélio Frontão




Filósofo por paixão. Ex-seminarista da Ordem dos Franciscanos. Humanista. Áreas de interesse: Cinismo; materialismo francês; Sade; Michel Onfray; ética. Idealizador e escritor do Portal Veritas desde dez/2005.