Heráclides de Pôntico

Igualmente indicativos são os desvios da doutrina platônica encontrados em Heráclito de Pôntico, que também gozou de grande estima do mestre [Platão], a ponto de receber o cargo de substituí-lo pro tempore na direção da Academia, por ocasião da última viagem a Siracusa. E foi por pequena margem de votos que, depois da morte de Espêusipo, sobrinho e primeiro sucessor de Platão, ele não conseguiu tornar-se o terceiro dirigente da Academia.


Heráclides parece não ter se ocupado especificamente dos problemas suscitados pela doutrina das idéias. Diz bem um estudioso italiano que, "de acordo com os testemunhos existentes, a filosofia de Heráclides não só não parece exigir, mas até mesmo exclui a realidade de essências inteligíveis.1

Contudo, ele sustentou uma doutrina de tipo atomística, ou melhor, de tipo corpuscular, a meio caminho entre o pitagorismo e o atomismo, segundo a qual todas as coisas são compostas de "massas sem junções", isto é, de corpos indivisíveis que, diferentemente dos corpos da escola de Abdera, eram "capazes de afeccções", portanto, de entrar em relação recíproca de modo não simplesmente mecânico.2 Uma teoria desse tipo podia, embora de modo ambíguo, ligar-se de alguma maneira com a doutrina platônica segundo a qual os elementos materiais derivavam da combinação de triangulos elementares; mas não parece que Heráclides a relacionasse com a doutrina das idéias.

Porém, diferentemente dos atomistas, Heráclides admitiu um deus que, com a sua intervenção, combinava entre si os átomos e constituía o cosmo; um deus que, contudo, à diferença do platônico Demiurgo, era concebido, em certa medida, em sentido imanentista.


1. Pesce, Idea, Numero e Anima. Primi contributi a uns storia del Platonismo nell' Antichitá, Pádua, 1961, p. 50

2. Cf Wehrli, Heráklides, frs. 118-123


REALE, Giovanni. História da Filosofia Antiga III. São Paulo: Edições Loyola, 1994. p. 82-83 

Filósofo por paixão. Ex-seminarista da Ordem dos Franciscanos. Humanista. Áreas de interesse: Cinismo; materialismo francês; Sade; Michel Onfray; ética. Idealizador e escritor do Portal Veritas desde dez/2005.