Avídio Cássio

Avidius Cassius, usurpador, 175 d.C.

Nascido em Cirro, na Síria, no reinado de Adriano, Caio Avídio Cássio era filho de Avídio Heliodoro. Cônsul substituto em 160/169, destacou-se como peça importante na guerra contra os partos, durante o reinado de Marco Aurélio (162-166). Pôs fim à revolta dos bucólicos no Egito (172-173) e tornou-se Governador da Síria (talvez, também regente virtual do Oriente.


Em 175, instigado por rumores falsos quanto à morte de Marco Aurélio, e talvez com a cumplicidade de Faustina Menor - com quem parece ter tido uma aventura amorosa -, Avídio fez-se proclamar Imperador. Seu reinado durou apenas três meses (abril-julho de 175), e só foi reconhecido por algumas legiões do oriente. Foi assassinado por um cinturião quando Marco Aurélio preparava uma expedição para acabar com a revolta.


Artigo Relacionado:


Marcus Aurelius: Homem, Filósofo e Guerreiro


Filósofo por paixão. Ex-seminarista da Ordem dos Franciscanos. Humanista. Áreas de interesse: Cinismo; materialismo francês; Sade; Michel Onfray; ética. Idealizador e escritor do Portal Veritas desde dez/2005.