Lúcifer e Miguel - Primeiro Diálogo

Por Breno Lucano 


UMA METÁFORA DA CONDIÇÃO HUMANA


LÚCIFER: Caro irmão, príncipe celestial amado por nosso Pai, seja bem-vindo ao nosso encontro. Faz muito tempo nosso último encontro. 

MIGUEL: Sim, meu irmão. A cena de batalha, da rebelião, de tantas vozes que se perderam, nunca me foi esquecida. Mas, principalmente, nunca esqueci de seus infortúnios e da forma como foi tratado. E, após milênios de torturas sem fim no Abismo, penso que finalmente resolveu se pronunciar sobre seus motivos, pelo quê brigou e foi punido. Todos merecem ser ouvidos.



LÚCIFER: Sempre estive à disposição do diálogo. A razão e a capacidade de julgar com justiça o que vejo são características intrínsecas às minhas disposições. Mas não pense que tenho qualquer infortúnio, qualquer lamentação, qualquer culpa. Apenas se culpa aquele que não tem certeza do que faz. Mas venha, aproxime-se, conversemos, portanto. Há muitas coisas a contar e, porque não, confidenciar.

MIGUEL: E por onde começaremos?

LÚCIFER: Pelo início. Como tudo se deu...

MIGUEL: Não posso esperar para ouvir sua versão do ocorrido.

LÚCIFER: Meditaremos fraternalmente pelo que defendi, pelo que compreendi. Aqui, longe das multidões de anjos e demônios,  encontraremos juntos todas as respostas. Refletiremos por um instante sobre os propósitos de nosso Pai, sobre a criação e sobre a condição humana. Que possamos, fora do momento e da extensão, recordar o intenso amor que nos foi infundido desde o início dos tempos e que perpassou toda a existência. E que esta conversa seja, em última instância, um reflexo de tudo o que sou e pelo que lutei, um grito de vida pulsante e audácia.

MIGUEL: Talvez você diga vida. Prefiro dizer que o que vimos foi uma sucessão de equívocos. Mas estou de acordo.

LÚCIFER: Iniciemos, pois, do início. A criação...


Artigo Relacionado:
  
Lúcifer e Miguel: Segundo Diálogo

Filósofo por paixão. Ex-seminarista da Ordem dos Franciscanos. Humanista. Áreas de interesse: Cinismo; materialismo francês; Sade; Michel Onfray; ética. Idealizador e escritor do Portal Veritas desde dez/2005.